Atualização 5.2 - Já disponível!

A atualização 5.2 já está nos servidores principais!

O patch mais recente da Temporada 5 da aos jogadores um novo item defensivo para acabar com o ar da competição, literalmente. A Armadilha de Espinhos já está disponível e as emboscadas nas pontes nunca serão iguais. Também houveram algumas mudanças nas construções e terrenos de Vikendi, uma nova maneira de se comunicar com seu time e até uma maneira nova de experimentar conosco enquanto pensamos em 2020 e além.

Vamos lá, pra começar os jogadores agora podem aprimorar suas estratégias usando a nova Armadilha de Espinhos. Use uma dessas no caminho de um veículo e acabe com todos os seus pneus de uma vez só! As Armadilhas aparece por todos os lugares do mapa e só podem ser usadas uma vez, sumindo após atingirem o primeiro veículo. E atenção, uma vez que elas forem colocadas no chão elas não podem ser retiradas!

Houveram também algumas mudanças em Vikendi para tornar a casa gelada dos snipers ainda mais sólida. Pra começar, várias construções tiveram suas janelas reduzidas para que as pessoas dentro tenham mais cobertura. Além disso vários outros locais chave tiveram pequenas atualizações para melhorar a navegação e ritmo da partida.

Os jogadores que gostam de liderar seus esquadrões agora podem usar o novo sistema de Marcações. Com o mapa aberto você agora pode selecionar areas específicas e adicionar quatro marcadores para seu time seguir.

Essa atualização também traz o PUBG Labs, um lugar onde os desenvolvedores e fãs podem colaborar em atualizações e experimentos com o ecossistema PUBG. Você pode ler tudo sobre isso na nossa Carta dos Desenvolvedores: PUBG Labs. Além disso também entraram várias correções de bugs e melhorias no jogo que você pode ver nas notas de atualização.

A Atualização 5.2 está disponível no PC e virá aos consoles na próxima semana. Planeje seu caminho, explore os novos terrenos e detone todos os pneus. Sua luta, sua estória, seu campo de batalha.

Para ler as notas de atualização completas, clique aqui.

 

 

Discuta este artigo
Compartilhar este artigo